Header Ads

Le Theatre de B [Parte Dois]

Segunda parte da coletânea de oneshots góticas de Nakamura Asumiko, que completa Le Theatre de A.

Mídia: mangá
Publicação: 2009 - 2013
Autor: Nakamura Asumiko
Demografia: josei
Gêneros: fantasia, drama, psicológico

Sinopse: Coletânea de doze oneshots com temáticas fantásticas e estética gótica.

Comentários: Parte dois das análises das oneshots presentes nessa coletânea. Pensei em comentá-las separadamente na coluna Sem Tempo, mas algumas são interligadas entre si e ficaria um pouco confuso. Se você perdeu o começo, pode conferir a parte um aqui.

Vale a pena? Sim, embora em todas as histórias são fáceis de entenderem de primeira, todas são muito inteligentes, inovadoras ou intimistas. Para quem gosta de fugir do comum, muitos finais são melancólicos, agridoces ou largados sem conclusão.

Onde encontrar: Como nenhuma scan traduziu a obra por completo, cada história traz um link próprio de onde pode ser encontrada.

[Parte Dois]

7 - Free Fitting for Her
Quarta parte das aventuras de Youko, o exorcista e o vampiro. A garota é sequestrada por um vampiro misterioso, sob a promessa de comidas deliciosas, entretanto, ele é um lolicon que planeja seduzi-la e sugar sua vitalidade. Para resgatá-la, Saint George e Monsieur Vampiro unem forças para combater essa nova ameaça.

Última parte das aventuras de Youko e sua trupe é também a mais engraçada e nonsense. Youko sucumbe a sua paixão por boa comida e acaba sendo enganada por um vampiro que deseja sua juventude, beleza e vitalidade. Monsieur Vampiro conhece o sequestrador , Bitou Brandenburg, e é ele quem informa que o vampiro é um lolicon. Assim, Lord Saint George vai atrás de sua pupila. A resolução da trama e as verdades por trás da figura de Youko são hilárias e bizarras. Aliás, é interessante ver como o trio já se encontra em um grau de amizade tão grande que podem ser vistos jogando ou tomando chá juntos (mesmo que Monsieur Vampiro permaneça preso no espelho de Youko).

Link: Em inglês na Mangá Go, dividido em duas partes.

8 - Rose Dusk Pale Moon

Uma pequena garota é levada através do país como prisioneira. Ela sabe que seu destino estará selado quando chegar ao seu destino e por isso não vê nenhum futuro para si. Mas a canção de um dos guardas que a escoltam a faz ter um pouco de esperança e apego pela vida.

Infelizmente não consegui ter total apreciação da história por causa da língua. Só encontrei a trama em chinês e tive que usar o tradutor. Mas basicamente, a trama é melancólica, mostrando o abatimento da garota em viver em cativeiro. Entretanto, a canção que ouve de um dos guardas lhe dá certo alento.

Link: Em chinês na Tieba.

9 - The Happy Prince
Diariamente, uma garota humilde visita uma estatua de um príncipe, por achá-la solitária, ela sempre deixa algum presente, como uma flor ou uma fita. Em uma de suas visitas, ela encontra com um garoto que também decora a estatua e acaba se apaixonando por ele.

A trama é onírica e cômica, e transita do amor da garota para o príncipe da estatua até um rapaz real. Depois de se apaixonar a menina deixa de visitar seu príncipe, mas anos depois, as vésperas de seu casamento, ela o vê mais uma vez e com um beijo se despede. E então que começa a confusão, a estatua ganha vida e vai tirar satisfação com o noivo da garota, um aprendiz de ferreiro.

O final é agridoce, mas bastante satisfatório. A arte é a mais colorida de todo o mangá, trazendo muitos tons vivos.

Link: Em japonês na Asumiko's Club.

10 - Welcome to Wonderland

Continuação indireta de Alice A, Simon está em uma badalada festa e tudo está bem até lhe perguntarem se ele ainda mantem contato com Alastair. Desanimado, Simon sai para o jardim e se encontra com o antigo colega. Bebado, expõe seus sentimentos e deseja passar o resto do seu tempo ao lado do outro.

Última parte de Alice A. traz o foco mais em Simon. Embora não fique claro, após os acontecimentos em Teaspoon, a relação entre os dois jovens acabou mudando, mas como Simon mesmo diz, o destino os fez seguir caminhos diferentes. Sua reaproximação com Alastair é quase como se permitir ser quem realmente deseja e não viver apenas das aparências que a vida adulta lhe impõe. É um final misterioso e ao mesmo tempo gracioso.

Link: Em português na Ow! Scans.

Infelizmente faltaram duas obras para completar minha leitura, eu não encontrei Yonshimai Satsujin Jiken em idioma algum, mas acredito, pelo nome, que esteja ligada ao caso dos detetives da segunda oneshot e Hello, My Sister que encontrei em chinês, mas mesmo com a ajuda do tradutor não consegui entender a história.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.