Header Ads

Le Theatre de B [Parte Um]

Primeira parte da coletânea de oneshot góticas de Nakamura Asumiko, que completa Le Theatre de A.

Mídia: mangá
Publicação: 2009 - 2013
Autor: Nakamura Asumiko
Demografia: josei
Gêneros: fantasia, drama, psicológico

Sinopse: Coletânea de doze oneshots com temáticas fantásticas e estética gótica.

Comentários: Essa análise é um pouco diferente das que geralmente faço, pois decidi dar uma pequena sinopse e um comentário curtinho sobre cada história. Pensei em comentá-las separadamente na coluna Sem Tempo, mas algumas são interligadas entre si e ficaria um pouco confuso.

Le Theatre de B, assim como Le Theatre de A, traz temática fantástica ou são releituras de contos de fada ou clássicos. A maneira como a autora reinventa temas conhecidos, dando outra abordagem é muito inteligente e inovadora. Entretanto, Asumiko tem uma forte pegada para shounen-ai e lolicon, ou seja, uma ou outra história traz essa temática, e isso pode não ser do agrado geral.

Vale a pena? Sim, embora em todas as histórias são fáceis de entenderem de primeira, todas são muito inteligentes, inovadoras ou intimistas. Para quem gosta de fugir do comum, muitos finais são melancólicos, agridoces ou largados sem conclusão.

Onde encontrar: Como nenhuma scan traduziu a obra por completo, cada história traz um link próprio de onde pode ser encontrada.

[Parte Um]

1 - Noel

Lulu e Amberley são amigos que estão sempre juntos e entendem perfeitamente um ao outro. Na tentativa de encontrar um presente perfeito para Lulu no Natal, Amberley acaba se perdendo em uma floresta amaldiçoada de onde só pode sair uma vez ao ano. Lá o tempo corre diferente e ele acaba envelhecendo mais rápido do ela.

Noel é minha história preferida da coletânea e olha que eu não esperava nada dela quando comecei a ler. O traço não é o mais bonito e a temática a princípio parece ser bem boba. Mas depois que Amberley se perde na floresta, a trama dá uma reviravolta e se torna mais madura e sombria. Achei fantástica a evolução da trama, a motivação dos personagens e mesmo Lulu, sendo um pouco mimada nos primeiros quadros, mostra seu valor no decorrer da oneshot.

O final foi demasiado feliz e embora eu preferisse uma conclusão mais agridoce, combinou perfeitamente com a temática.

Link: Em inglês na Anonymous Delivers.

2 - Teddy Bear Satsujin Jiken

Hebizuka Amaru, um famoso detetive, e seu assistente Kohijiri Shiro são designados para investigar quatro assassinatos em um colégio feminino. Todas as quatro vítimas são alunas e junto a cada um de seus corpos foi encontrado um ursinho, cada qual sem uma parte do corpo.

Embora a premissa seja interessante, para uma história de mistério acabou sendo ruim uma oneshot tão curta. Não realmente muito mistério, embora Hebizuka faça uma investigação,o leitor não é convidado a participar dela, sendo que o foco fica em Shiro e sua aproximação a uma misteriosa garota que carrega um urso de pelúcia. A resolução do caso é impressionante e inteligente, mas acredito que algumas páginas a mais fariam um bem enorme para a história.

Link: Em português na Central de Mangás, tradução feita pelo Tsumi Scans.

3 - A is for Alice A

Alastair recebe um convite para um baile no colégio, mas decide não participar. Por outro lado, Alice está presente em mais uma festa em Wonderland e se destaca com sua beleza e charme, entretanto, ela está apavorada com sua situação e os pensamentos que rodeiam seu coração, de forma que só o Coelho consegue acalmá-la. No dia seguinte, Alastair encontra trajes de festa em seu quarto, incluindo uma tiara e se questiona de onde veio. Ao vestir o objeto percebe que o Coelho pode estar vigiando-o.

Quarta parte da trama em torno de Alice A., o conflito entre Alice e Alastair está cada vez mais palpável para ela, mas isso começa a prejudicar a interação de Alastair com seus colegas de escola. Esse é o capítulo mais melancólico da trama, pois Alice está contra a parede e precisa decidir o que fará de sua vida. Viver parte do tempo fingindo no mundo real e sendo verdadeiramente quem deseja em Wonderland começa a se tornar extenuante.

Link: Em inglês na Mangá Go.

4 - The Bedroom Girl, The Sculpture Room Girl

Um jovem escultor é chamado por um rico homem que deseja fazer uma boneca exatamente igual a sua filha. A menina está morrendo e se encontra em estado comatoso, de forma que passa o tempo inanimada na cama. O escultor passa a visita-la constantemente para copiar seus detalhes e reproduzi-los na boneca, mas descobre que o espirito da menina pode possuir a manequim que está projetando e assim eles compartilham um tempo juntos.

Enquanto a maioria das oneshots brinca com a fantasia e o onírico, BGSRG traz indagações filosóficas sobre o sentido da vida, a essência da alma e os desejos fugazes das pessoas. É uma relação lenta e agradável formada pela menina e o artista. Seus anseios de quando finalmente, no corpo da boneca poderá fazer tudo que seu adoentado corpo nunca permitiu.

O final é agridoce e pode ser considerado entre belo e perturbador.

Link: Em português no Central de Mangá, tradução do Tsumi Scans.

5 - BW

Um garoto espera que sua irmã venha buscá-lo, mas ela nunca aparece. Enquanto ele espera, dois homens disputam sua atenção, sem muito sucesso.

A sinopse de BW (ou Black and White) ficou curtinha porque contar mais é estragar o charme da história, mas foi a primeira que eu pensei que rolaria um shotacon explícito, mas Asumiko é brilhante e mesmo fazendo-nos pensar que é uma situação pervertida, incestuosa até se você considerar que o garoto tem obsessão pela irmã e ignora completamente os rapazes que o acediam, o conclusão da trama é divertida e deliciosa, aquele que te faz soltar um “ah, então era isso.”

A estética gótica combinou muito bem com o proposto e enriqueceu a oneshot.

Link: Em português na Central de Mangás, tradução do Tsumi Scans.

6 - Le Jardin du Thé (The Tea Garden)


Um jovem mercador deseja comprar uma rara variedade de chá de uma tradicional família chinesa. Apesar de recusar a oferta do rapaz, o patriarca da família oferece para que ele passe a noite. Lá ele conhece uma misteriosa mulher com quem tem uma tórrida noite de amor, entretanto no dia seguinte a mulher desaparece.

Outra oneshot que eu não esperava nada e entrou para minha lista de preferidas. Em um misto de sonho e viagens alucinógenas, Asumiko faz uma brilhante alusão entre o amor fugaz e a curta vida de uma mariposa. A colorização em roso dá um efeito ainda mais sonhador e narcótico. A leitura é tão leve que parecer ser ainda menor do que as outras oneshots.

Link: Em português na Ow! Scans.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.