Header Ads

Kuroshitsuji

Shiroi é herdeira de uma rica família que faz contrato com um mordomo demoníaco para descobrir quem matou seus pais.

Outros Nomes: Black Butler/O Mordomo de Preto
Mídia: filme
Lançamento: 2014
Demografia: --
Gêneros: Ação, Fantasia, Mistério

Sinopse: Genpou Shiori (Ayame Goriki) é uma descendente da família Phantomhive (nobre família que servia como infiltrados da Rainha no continente asiático) que gerencia a empresa que herdou dos pais e se disfarça sobre a alcunha do jovem Kyoharu, pois mulheres não poderiam assumir os negócios. A fim de se vingar das pessoas que assassinaram seus pais, Shiori faz um contrato com o mordomo demoníaco Sebastian (Hiro Mizushima), que a protege até completar sua vingança em troca de sua alma.
Rin e Shiori/Kyoharu
 
Comentários: Admito que conheça muito pouco de Kuroshitsuji, nunca li o mangá ou vi o anime, o pouco que sei foi de informações que vi na net e que meus amigos me contaram, mas eu achei o filme razoável.

Achei algumas mudanças bem vindas, como localizar a aventura numa época moderna na Ásia. O próprio diretor havia comentado sobre, pois caso deixasse na Inglaterra Vitoriana do século XIX, seria impossível utilizar atores japoneses. Também achei que enxugar a história e limar alguns personagens e situações deixou o filme mais enxuto e trama mais focada na relação entre Shiori e Sebastian, mas a minha maior dúvida de todas é: por que, diabos, Ciel virou mulher?

Em nenhum momento do filme vi plausível essa mudança. Até achei que fosse rolar um romance entre Shiori e Sebastian, e por isso, tinham mudado o sexo da personagem, mas não acontece absolutamente nada disso.

Fora isso, a construção da história é boa, os personagens são desenvolvidos e a trama está bem construída e amarrada. As cenas de luta são muito bem coreografadas, principalmente as da empregada Rin (Yamamoto Mizuki) e o final do filme, em aberto, ficou convincente.
Se fosse uma obra original, eu acharia excelente. Mas por ser uma adaptação, inevitavelmente haverá comparações, que acabam tirando um pouco de brilho do filme.

Por que ver? Roteiro interessante, trama bem amarrada, mudanças inteligentes para adaptar o filme a uma produção japonesa.

Por que não ver? Por que o Ciel virou mulher?

Onde encontrar: Pode ser encontrado Netflix.
Shiori e Sebastian.
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.