Header Ads

End Game

Katsuya foi adotado por Tooru após a morte de sua mãe, mas nunca conseguiu ver o jovem pintor como uma figura paterna.
Mídia: mangá
Publicação: 2009 - 2010
Volumes: 2
Autor: Yamanaka Hiko
Demografia: shounen-ai/yaoi
Gêneros: drama

Sinopse: Após a morte de sua mãe, Katsuya vai viver com Tooru, um jovem que aceita ser seu tutor. Entretanto, o convívio entre eles faz com que Katsuya passe a ter sentimentos conflitantes por seu pai adotivo. Mas enquanto se tortura por seus sentimentos, ele reencontra um velho amigo de sua mãe que alega saber as circunstâncias misteriosas de sua morte.
Comentários: Logo de cara eu torci o nariz afinal rolaria um incesto. Ok, eles não tem laços de sangue, mas ainda assim são pai e filho. Curiosamente, a trama é muito boa e mesmo nesse aspecto a história se constrói muito sólida.

Logo de cara sabemos que Katsuya perdeu a mãe em um acidente e que embora ele estivesse presente, não se lembra das circunstâncias por ser muito jovem. Após ficar um tempo no orfanato, ele acaba sendo adotado por Tooru, um jovem pintor sem muitos talentos, mas com quem se afeiçoa rapidamente.

Quando Katsuya entra na adolescência, passa a nutrir sentimentos conflitantes por seu pai e se tortura por isso, pois sabe que isso é errado. É exatamente nesse ponto que surge o tal amigo de sua mãe e diz que sabe como a mulher morreu.

Nesse momento a trama dá uma enorme reviravolta, a história deixa de ser um yaoi leve para dar espaço a uma trama cheia de mistério e conspirações. Achei que a trama foi muito rica e inteligente ao abordar esse outro aspecto. Apesar do final não ser muito surpreendente, mas mesmo sendo um tanto óbvio, a maneira como isso é feita é bem convincente.

O traço é bastante simples, sem muitos cenários e detalhes. Além disso, o Katsuya parece muito mais velho do que o Tooru, sendo que ele é o adolescente, mas é agradável.

Por que ler? Apesar da temática yaoi, o foco do mangá fica no mistério.
Por que não ler? Pouco romance, trama muito curta.
Onde encontrar: Em inglês pela Echochi Scans.




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.