Header Ads

Kanojo ni Naru Hi

Os garotos Miyoshi e Mamiya são amigos de infância, mas a relação entre eles muda quando Mamiya se torna uma garota, para pavor de Miyoshi que não sabe lidar com o sexo oposto.
Mídia: mangá
Publicação: 2013 - 2017
Volumes:4
Autor: Ogura Akane
Demografia: Shoujo
Gêneros: Comédia, Romance, Gender Bender

Sinopse: Miyoshi e Mamiya são amigos de infância que vivem competindo em tudo que fazem. Para azar de Miyoshi, Mamiya é bom em tudo o que faz, de forma que ele sempre acaba derrotado. Certo dia, Mamiya é hospitalizado e após um longo período longe do colégio, retorna, só que como garota, para horror de Miyoshi, que tem dificuldade em lidar com o sexo oposto.
Mamiya ainda como garoto

Comentários: Admito que sou grande fãs de Gender Bender e o traço bonito e chamativo me fizeram pegar o mangá na hora. A história é engraçada, as situações que Mamiya coloca Miyoshi são constrangedoras e hilárias e o laço que forma entre eles é muito bonito.

Meu problema com o mangá é que eu não entendi bem porque Mamiya muda de sexo. A principio achei que era hermafrodita, como acontece com o personagem de Kakumei no Hi, depois que os pais o tinha criado como garoto por capricho e por último que ele tivesse passado por algum feitiço ou experimento cientifico, mas o último capítulo acaba mais confundido do que ajudando, parece algo similar a uma doença, mas mesmo assim não fica muito claro como isso se dá. Eu realmente não entendi o que acontece quando Mamiya volta para o hospital.

O mangá em tese, acaba no primeiro volume, mas a autora ganhou carta branca para continuar a publicar e no volume dois, a dupla já está namorando e cursando a faculdade, para desespero de Miyoshi, porque vários garotos vivem dando em cima de Mamiya.

Vale a pena? Sim, mas mesmo para quem é fã do gênero, existem mangás mais interessantes.

Onde encontrar: Pode ser encontrado em inglês.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.