Header Ads

TOP 7: Piores Casais

Ah, o amor. Não existe data mais bonita para comemorar o amor do que no dia nos namorados. Pode ser uma data puramente comercial, mas boa parte fica esperando um presente, um beijo, uma lembrança ou um amor, caso não tenha. Só que nem sempre o casalzinho apaixonado deveria ser exatamente um casal.

E nesse clima de romance não tão romântico, o TOP7 elenca aqueles casais que nunca deveriam ter ficado juntos para começo de conversa. Seja falta de química, de amor, motivações erradas, relacionamentos abusivos ou dependentes. É o tipo que você simplesmente olha e pensa quantas drogas o autor consumiu para escrever um absurdo desses...

Como eu digo em todas as listas, se o seu casal odiável não está aqui é possível que eu não o conheça, então deixa seus preferidos nos comentários!


7 – Ichigo e Orihime (Bleach)/ Naruto e Hinata; Sasuke e Sakura (Naruto)
Ou substitua por qualquer casal genérico de shounen. Eu realmente me pergunto o que se passou na cabeça dos autores de terminarem as tramas com esses casais. Provavelmente, gerar filhos e ter mais material para escrever (Boruto estou falando de você). Nenhum deles tem química alguma ou teve qualquer relação romântica minimamente construída. Nos três casos, apenas as garotas tinham algum interesse romântico e ficou parecendo que os garotos só ficaram com elas porque elas já estavam ali mesmo.

6
– Tohru e Yuki (Horimiya)
Não é um casal de todo ruim, porém parece bater naquela tecla de se um cara e uma garota ficam muito amigos, obviamente eles vão virar um casal. Yuki sempre soube do interesse do Tohru pela Hori e nunca teve problemas com isso, mas foi só a Kouno aparecer na jogada que ela fica toda enciumada, naquele esquema do só dar valor depois que perde. Quanto ao Tohru, ele ainda parece nutrir mais sentimentos de amizade do que realmente interesse romântico.

5 – Takao e Saeki (Aku no Hana)
Se você viu apenas o anime, talvez não entenda exatamente porque esse casal está aqui, mas ele é a perfeita desconstrução do que um relacionamento sadio deveria ser. Takao vê Saeki quase como uma deusa de amor e candura, e se agarra a ela como uma tábua de salvação. Só que Saeki não é nada perfeita e quanto mais ela tenta entender Takao, mais torpe e desajustada ela fica. O encontro deles na cabana e o reencontro no restaurante servem para mostrar que eles sempre andaram em lados opostos e que só se encantaram pelas ilusões que criaram.

4 – Naruse e Naho (Orange)
Talvez eu seja linchada por isso, mas definitivamente eles não deveriam ter ficado juntos. Naruse e Naho é o casal mais apagado e sem iniciativa que eu já vi. A trama gira em torno de Naho receber cartas de si mesma do futuro alertando sobre o suicídio de Naruse e tentando evitar o ocorrido. E o que ela faz? Nada. Quem realmente faz esse relacionamento funcionar é o Suwa, amigo do casal (e secretamente apaixonado pela Naho). No fim, parece mais que a Naho tem pena do Naruse, por seu histórico, do que realmente é apaixonada por ele.

3 – Takumi e Hachi (Nana)
Mais um daqueles casos onde apenas a garota gosta do cara, mas com um agravante, em vez de Takumi não dar a mínima para a existência dela, ele faz vários joguetes se aproveitando dos sentimentos que ela nutre. Os dois são bastante opostos em personalidade e embora, Takumi diga ser apaixonado por Hachi, ele é possessivo, hipócrita e controlador, traindo a garota, mas não a deixando partir quando ela tenta se separar dele. Para piorar, ela fica grávida, aumentando o vínculo entre eles e tornando a relação ainda mais dependente.

2 – Akio e Utena (Revolutionary Girl Utena)
E eles quase chegou ao topo da lista, quase porque Utena sambou na cara do Akio no final e não ficou sendo trouxona. Mas é tudo errado nesse casal. Akio é o tipo bonitão, mas egoísta, que pisa em qualquer um para conseguir o que quer, incluindo a Utena, que na paixonite do momento se deixa ludibriar pelas palavras do rapaz. Ele acaba dominando Utena e expondo o lado mais fraco da garota, que para nossa sorte, acaba saindo muito mais forte dessa relação.

1 – Makoto e ?? (School Days)
 Eu não conseguia me decidir entre a Sekai ou a Kotonoha, mas a verdade é que a culpa de qualquer relacionamento ser uma porcaria é do sem sal do Makoto. O cara é um zero à esquerda que precisa da ajuda de uma amiga para conquistar a garota que é apaixonado e o que ele faz depois disso? Se desinteressa pela garota e sai pegando geral, e o que ele faz quando dá um rolo fenomenal essa pegação? Joga a culpa na Sekai e deixa que o problema se resolva sozinho. O relacionamento dele com qualquer garota é tóxico e medíocre, e ele mereceu o final que teve.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.